Benefícios do exercício físico para uma mente mais eficiente e perca de peso

Está enganado quem pensa que os exercícios físicos só servem para auxiliar na perda de peso. A perda de peso é apenas mais uma dentre os inúmeros benefícios que as atividades físicas podem ocasionar.

Os exercícios físicos permitem um determinado indivíduo melhorar a sua qualidade de vida em diversos âmbitos.

Os exercícios físicos podem contribuir para a manutenção ou para o desenvolvimento das estruturas musculares e ósseas.

Eles ainda previnem ou reduzem a tensão arterial e aumenta a capacidade do organismo no que se trata de combater o stress.

Os exercícios físicos reduzem as dores arteriais e nas juntas, além de tudo, para uma maior percepção de eficácia e de controle pessoal.

Bastam apenas 30 minutos de atividades físicas diárias para se distrair dos problemas cotidianos,  fato também é que os exercícios físicos contribuem para a diminuição do stress, pois libera um hormônio que lhe favorece a sensação de prazer.

A prática de atividades físicas podem reduzir o risco de morte prematura ou as doenças cardiovasculares, diabetes, cancro do cólon, a ansiedade e a depressão.

Os exercícios físicos promovem uma série de benefícios para o nosso corpo, mas você já parou para pensar em quais benefícios ele traz para nossa mente? Conheça-os agora!

1 -Diminui os riscos de depressão

Como já foram mencionados, os exercícios físicos liberam um hormônio de nome “endorfina”, que é o principal responsável pela sensação de bem-estar e relaxamento. Quando você pratica algum esporte, o seu corpo libera endorfina automaticamente.

Você pode simplesmente caminhar para produzir endorfina. Isso fará com que os riscos de depressão em sua vida sejam cada vez menores!

2-Retarda o envelhecimento

Um estudo nos Estados Unidos, originado na Universidade de Illinois, mostra que os exercícios físicos diminuem o stress, uma vez que o stress é um dos principais causadores do envelhecimento, o cérebro aumenta seus circuitos e retarda o envelhecimento precoce.

3-Melhora a memória

Quando praticamos exercícios físicos, recebemos estímulos capazes de melhorar a nossa coordenação. Isso faz com que o nosso cérebro seja capaz de responder cada vez melhor a estímulos visuais, táteis, sonoros ou olfativos.

4 -Aumenta a sensação de bem-estar

Isso ocorre também por conta do ambiente onde o exercício é praticado. Este ambiente pode promover uma sensação de autoestima, saúde e muitos outros benefícios para sua saúde.

5-Diminui a preguiça

A prática de exercícios pode permitir que o nosso corpo entre em pico de produção de determinadas substancias como a adrenalina. Essa substancia é capaz de deixar o corpo mais disposto e com isso, se tornar mais produtivo.

6-Melhora a qualidade do sono

O corpo passa a gastar energia com mais intensidade, e com isso, irá adormecer de forma mais fácil no fim do dia. A prática de exercício é uma excelente opção para quem sofre com insônia.

7 –Reduz o risco de demência

Um estudo realizado por pesquisadores na Suécia mostraram que 1.173 pessoas de 75 anos, nenhuma com diabetes, mas todas com glicose alta tinham uma probabilidade de ter Alzheimer. Conforme a queda dos níveis de insulina  mais a glicose, tem dificuldade de chegar às células e preenche-las e com isso, menores serão os riscos de ter esta doença.

Os exercícios físicos atuam como um protetor contra o aumento das placas celulares para a inflamação.

8 -Previne o acidente vascular cerebral

De acordo com o aumento da sua capacidade cardiorrespiratória, menor será a sua pressão sanguínea,  e com isso, menores serão os riscos de você possuir acidente vascular cerebral futuramente.

9-Aumenta a sua autoestima

Os exercícios físicos produzem a dopamina, um neurotransmissor que é responsável por causar sensações de motivação.

10-Aumenta a neuroplasticidade

As atividades físicas são capazes de fortalecer as conexões neurais e de estimular as células-tronco nascidas a se dividir e se converter em novos neurônios funcionais no hipocampo, o que por consequência, irá prevenir o atrofiamento das áreas relacionadas à memória.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *